Eleições 2018 - Leitura e Momento Reflexão

Sugerimos que se conhecessem as atribuições dos cargos que estarão em disputa nas Eleições 2018.

Thursday, 04 de October de 2018


Com a proximidade das eleições, mesmo sendo um tema pouco debatido em nossa empresa, sugerimos a equipe que conhecesse as atribuições dos cargos que estarão em disputa nas Eleições 2018.

Após esta pesquisa, indicamos reflexão e colocação, sobre o que esperam dos eleitos nestes cargos. Cada cargo a ocupar é de grande responsabilidade, que todos eles sejam levados prontamente a sério, sem irregularidades, fazendo assim um país melhor, para que o brasileiro se sinta acolhido em seu próprio país.

Sem exceção, as colocações foram, que os próximos eleitos, ao fazerem suas promessas, que estas sejam cumpridas, que tenham uma visão ampla das necessidades de segurança para a sociedade, investindo em oportunidades de trabalhos e na economia brasileira, também obtendo melhoria na educação e nos hospitais de saúde para o povo brasileiro.

Abaixo, opiniões sintetizadas, após reflexão realizada pela equipe:

Deputado Federal, o eleito deveria criar lei que incentive o investimento privado, tirando assim o poder sobre a economia do estado, em contra partida, criasse uma outra lei que impeça o monopólio dos serviços, gerando assim competitividade, lucro e melhoria nos serviços.

Já sobre o Governador, este deveria dar mais atenção para as áreas onde o poder paralelo domina, como fronteiras e favelas.

Do Senador, espera-se ampla responsabilidade e imparcialidade ao processar e julgar crimes de responsabilidade, o presidente e o vice-presidente, os ministros e os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, os ministros do Supremo Tribunal Federal, os membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, o procurador-geral da República e o advogado-geral da União e ainda, aprovar leis.

Do Presidente da República ampla seriedade na governança e administração dos interesses públicos da nação brasileira e que tenha ampla responsabilidade ao proteger a integridade e independência do brasil. Espera-se também que o presidente tenha imparcialidade em nomear os chefes dos ministérios, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), dos tribunais superiores e o advogado-geral da União. E que mantenha contato ativo com os parceiros políticos internacionais do Brasil para assim cuidar dos interesses da nação.

O objetivo do trabalho foi concluído, levamos à pesquisa e conhecimento sobre o assunto.

A situação política do Brasil está cada vez mais precária, no momento vivemos muita corrupção e irregularidades, por isso, a população pede por melhorias. Como dizia Nicolau Maquiavel, no livro “O Príncipe”: “A política é um jogo de aparências”. No entanto, não é com aparências que se melhora um país.


voltar