6 habilidades para ser um motoboy profissional

Excelência no serviço é sinônimo de reconhecimento.

Wednesday, 13 de January de 2021


Desde 1980, o motoboy é o profissional responsável por conectar empresas, serviços, clientes, negócios e produtos.

A importância do motofretista no processo logístico de diversos setores da economia é inquestionável, principalmente porque, em grande parte dos casos, ele é o único representante da empresa no contato pessoal com o cliente.

Algumas habilidades fazem toda a diferença na qualidade do serviço prestado pelo motoboy, seja como autônomo ou contratado por uma prestadora de serviços de transportes rápidos.

Para resolver questões relacionadas ao ambiente de trabalho e profissão é preciso:

1. Comprometimento

O comprometimento envolve a dedicação no exercício da profissão e a valorização da sua atividade, isso inclui pontualidade e assiduidade. O sucesso na finalização de dezenas de processos depende do trabalho do motoboy, e atuar com responsabilidade em relação aos horários e prazos é fundamental.

2. Comunicação

Um motoboy interage com diversos perfis de público e precisa expressar-se de forma clara e objetiva com todos eles.

No contato com o cliente é preciso usar uma linguagem adequada, simples e correta para que seja facilmente compreendida. Sempre que possível, evite gírias e jargões porque são entendidos somente por um determinado grupo sociocultural.

Na comunicação é necessário ser sempre cordial, escutar o cliente com atenção e ter boa disposição para conversar, compreender suas dúvidas e resolver possíveis problemas.

3. Responsabilidade

A responsabilidade abrange a realização do trabalho de forma segura, no tempo certo e com a qualidade esperada. Programar-se para analisar o roteiro do dia e planejar o trajeto ajuda a cumprir todos os compromissos com agilidade e segurança.

A compatibilidade entre prazo e tempo para a entrega evita excesso de velocidade e aumenta a segurança no trânsito.

4. Discrição e Sigilo

O motoboy exerce uma profissão de alta confiança, na qual discrição e sigilo são de extrema importância. Ao cliente devem ser feitas apenas perguntas sobre assuntos estritamente necessários para a realização do trabalho, mantendo sempre distância em caso de leitura de documentos, coletas de assinatura ou conferência de valores. É obrigatório sigilo sobre todas as informações.

5. Apresentação

Na profissão de motofretistas os detalhes fazem toda a diferença no contato com o cliente. Os uniformes precisam estar em perfeito estado e os documentos sempre organizados e sem danos. Postura firme e profissional são altamente recomendadas, assim como manter todos os cuidados com a higienização das mãos e objetos, além do uso correto da máscara.

6. Iniciativa

Proatividade deve fazer parte da rotina de todo motoboy. Situações inesperadas, problemas com a entrega ou conflitos no ambiente de trabalho fazem parte do exercício da profissão e devem ser resolvidos com prontidão e por iniciativa própria. A capacidade de antecipar cenários e liderar a resolução de impasses contribuem no melhor desempenho da atividade e, consequentemente, no maior reconhecimento profissional.


voltar