Outubro, Novembro e Dezembro: prepare-se para bons negócios!

Dia das Crianças, Black Friday e Natal as grandes oportunidades para o e-commerce.

Wednesday, 06 de October de 2021


Não é novidade para ninguém que o comércio eletrônico decolou com a pandemia e que os consumidores mudaram consideravelmente seus hábitos de consumo. Muitos especialistas acreditam que mesmo com o avanço da vacinação e o aumento de circulação de pessoas esse mercado não deve voltar a ser como antes da crise, já que uma grande parcela dos 13 milhões de consumidores que migraram para as compras on-line tende a manter esse hábito.

Para se ter uma ideia, segundo o relatório sobre comércio eletrônico apresentado na 44ª edição da Webshoppers, o e-commerce no Brasil bateu recorde de vendas no primeiro semestre de 2021. Foram R$ 53,4 bilhões, o que representa um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior*.Segundo a Exame.com, mais de 7 milhões de consumidores compraram pela primeira vez on-line no primeiro semestre de 2020!

Com a consolidação desse novo hábito, o consumidor além de comprar com mais freqüência no ambiente virtual, ele busca produtos de diversas categorias, desde o brinquedo do filho, tênis, eletrônicos, até as compras de supermercado.

Vale ressaltar que hoje as lojas eletrônicas não competem apenas entre si, elas competem com as lojas físicas que estão voltando a todo o vapor. Por isso, é fundamental se preparar para as oportunidades que o terceiro trimestre do ano reserva. O Dia das Crianças, Black Friday e Natal já estão batendo à porta e o comércio varejista, seja ele on-line ou não, precisa estar preparado e com o planejamento em dia.

Prepare-se!

Assim como investir em uma equipe treinada, organizar o estoque, adequar a estrutura operacional do negócio à demanda esperada, escolher os produtos inclusos nas promoções e aqueles com maior apelo comercial e realizar uma boa projeção dos preços, são algumas ações importantes.

Use o marketing digital a seu favor, divulgue seus produtos nas redes sociais como Facebook, Instagram, Whatsapp, TikTok, Youtube. O Whatsapp, por exemplo, tem se mostrado uma excelente ferramenta de vendas, tanto para oferecer produtos como para atender o cliente.

Outra questão fundamental é a questão da entrega. É fato que o cliente compara preços e quando se fala em compras on-line o frete e os prazos de entrega estão no topo da lista na hora de escolher onde é melhor comprar.

Portanto, o seller precisa estar bem alinhado com o seu fornecedor de transportes rápidos, que também deve estar preparado para a alta demanda do período com agilidade, segurança, prazos de entrega bem definidos, frota de veículos revisada e disponível.

Planeje-se e bons negócios!

Fonte: www.ecommercebrasil.com.br


voltar