Project Model Canvas

"Um plano de projeto é, antes de mais nada, uma construção de hipóteses sobre um cenário..."

Monday, 24 de October de 2016


Por Milena Baesso

José Finocchio Júnior, acreditando que os planos de projeto convencionais são extensos, burocráticos e pouco visuais, e que as gestões de projetos usuais são relativamente simples de compreender na teoria, mas muito mais difíceis de colocar em prática, pois são pouco adaptadas à realidade das empresas e ao funcionamento da mente humana, propôs um plano de projeto em uma nova forma, através de um modelo chamado Project Model Canvas.

Para Finocchio¹,

Um plano de projeto é, antes de mais nada, uma construção de hipóteses sobre um cenário futuro e desconhecido. Ele se torna consistente justamente pela integração entre os diversos conceitos que o compõem. (2013, p. 27)

O Project Model Canvas representa somente o essencial, podendo ser usado de duas maneiras diferentes: (i) documento único e consistente do planejamento do projeto, seguido pela execução, (ii) ferramenta preliminar que servirá de base para a transcrição para um plano de projeto formal.

O Project Model Canvas surgiu como uma ferramenta visual e colaborativa para levantar as principais informações a respeito do projeto com a ajuda de todos os envolvidos. Basicamente, essa ferramenta consiste de um canvas (tela) com 13 seções organizadas em 5 grupos, conforme mostra a imagem abaixo. Cada grupo de informações procura responder a uma das 6 questões base que toda nova iniciativa deve levantar: por que, o que, quem, como, quando, quanto. (Bigão e Moura)

A ferramenta tem como objetivo unir as pessoas envolvidas em torno do levantamento das informações, de forma que a lógica do projeto fique compreendida por todos. (Bigão e Moura²)

As relações e possíveis problemas estruturais são revelados pouco a pouco. Após a discussão e resolução dos possíveis problemas, surge uma fotografia do projeto. Segundo Finocchio, é a partir da “inteligência coletiva”, visualizada ao mesmo tempo em apenas uma tela e organizada coletivamente a partir de passos de integração que o projeto se estrutura.

¹ FINOCCHIO JÚNIOR, J. Project Model Canvas: gerenciamento de projetos sem burocracia. 1ªEd. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

² BIGÃO, F.; MOURA, M. Fundamentos de Gestão de Projetos, Acesso em: 06 abr .2016.

voltar